CientíficaLab

Atendimento ao Cliente

(11) 2626-7069

Fique Atualizado

Gostaria de receber informações e novidades sobre a CientíficaLab?

Autorizo o recebimento de informações via e-mail.

Não tenho interesse em receber informações via e-mail.





Masculino Feminino



Atenção: O nono digito (9) será adicionado automaticamente nos celulares de SP.


Enviando
Aguarde. Estamos redirecionando para a página de
Resultados de Exames.

Certificações

Conheça as certificações de qualidade recebidas pela CientíficaLab.

Saiba mais

Sobre a CientíficaLab

Informações gerais sobre a CientíficaLab.

Saiba mais

Sobre a DASA

Informações gerais sobre a DASA, maior empresa da América Latina e quarta maior do mundo.

Saiba mais

Sustentabilidade

A DASA está comprometida a ser uma empresa socialmente responsável, trabalhando preocupada com o bem-estar da comunidade e com o meio ambiente.

Saiba mais

AIDS/HIV

AIDS/HIV

 

Descrição

É uma doença infecciosa causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) que leva à perda progressiva da imunidade, resultando em infecções graves, tumores malignos e manifestações causadas pelo próprio vírus.

Causas

A síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) é causada pelo HIV. Sua transmissão pode ocorrer pelas seguintes formas: relação sexual, uso de seringas contaminadas, transfusão de sangue, gravidez e/ou leite materno, transplante de órgãos contaminados e exposição a material contaminado entre trabalhadores da área de saúde.

Sintomas

O período de incubação varia de semanas a meses. Após este intervalo de tempo o paciente pode apresentar um quadro de infecção aguda, com febre, calafrios, dor de cabeça, dor de garganta, dores musculares pelo corpo, ínguas e manchas na pele, que desaparecem após alguns dias espontaneamente. Alguns anos depois a doença pode se manifestar com sinais clínicos de baixa resistência imunológica. Entre os mais comuns estão diarreia crônica, pneumonia, febre persistente, emagrecimento e câncer de pele.

Diagnóstico

O diagnóstico compreende exames específicos para a detecção do vírus e de seus anticorpos. O aparecimento de anticorpos detectáveis por exame de sangue ocorre num período de seis a 12 semanas após a contaminação.

Tratamento

Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é fundamental para a indicação do melhor tratamento para cada caso. Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios. Nos últimos anos foram obtidos grandes avanços no conhecimento da infecção por HIV. Diversas drogas foram desenvolvidas e se mostraram eficazes para o controle da doença, reduzindo a ocorrência de doenças oportunistas e levando a melhora da qualidade de vida e, principalmente, maior sobrevida. É importante ressaltar que nenhuma droga, até o momento, é capaz de erradicar a doença, mas, sim, controlá-la, desde que o paciente faça uso correto das medicações. O abandono do tratamento e o uso incorreto das medicações são os maiores causadores do elevado número de óbitos.

Prevenção

As formas mais importantes de prevenção são a educação e a informação visando a prática do sexo seguro, diminuindo o número de parceiros e incentivando o uso de preservativos. Mulheres portadoras do HIV que desejam engravidar devem ser esclarecidas quanto aos riscos com um especialista.

 

Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039RJ)
Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

 

Veja também:   

Compartilhe:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Indicar para um Amigo
  •  

    Indique para seu Amigo




















 
 
 
CientíficaLab © 2017 CientíficaLab. Todos os direitos reservados.